Infarto do Miocárdio – Ataque cardíaco: explicado pela cardiologista Dra. Marisa Amato

Ataque cardíaco

A cardiologista Dra. Marisa Amato (CRM 30400) fala sobre infarto, o que é, os possíveis motivos e os riscos de se ter um infarto e mais principalmente como evitá-lo. Assista ao vídeo e saiba mais!

****
Transcrição: Eu sou Marisa Amato. E hoje nós vamos falar um pouco sobre a possibilidade das pessoas terem um infarto. O infarto é quando uma artéria do coração é bloqueada, ela pode ser bloqueada por diversas razões, geralmente é um tronco que se fixa aqui e interrompe a passagem de sangre para as extremidades. O infarto ele ocorre pelo deposito de gordura ao longo do tempo que vai fazendo com que a artéria em determinado momento se feche e obstrua, ela pode também ocorrer por um espasmo dessa artéria, sendo que o mais frequente é o da placa de ateroma. Então, as pessoas perguntam “qual é o risco que eu tenho de ter um enfarte? ” O risco ele está direcionado diretamente aos antecedentes familiares e pessoais de cada um, está relacionado a idade da pessoa, pelas doenças que a pessoa teve durante a vida e não tratou e os hábitos de vida obviamente a pessoa que fuma obviamente a pessoa que fuma tem um risco maior, a pessoa que é sedentária tem um risco maior. Como evitar um infarto? Sempre atualizar o seu risco, saber qual é o seu risco, tratar as doenças adequadamente, saber que essa, saber que essas doenças são crônicas e elas não são curadas, elas são controladas. Portanto, o tratamento é para o resto da vida, não adianta também só tomar o remédio que o médico deu então, precisa ter um relacionamento com o médico aí periódico, para saber se a doença está sendo controlada adequadamente, muitas vezes é necessário mudar a medicação. O fato de estar tratando e tomar medicação não quer dizer que a pessoa pode se descuidar dos hábitos de vida, é importantíssimo continuar fazendo atividade física e manter uma dieta adequada e vale a pena investir em bons hábitos de vida e de tratamento, porque ele pode mudar a evolução natural dessa doença, tem muitas ações que melhoram a qualidade de vida da pessoa no futuro, vale a pena investir neste tratamento.

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nv-author-image

Prof. Dra. Marisa Amato

Especialista em Cardiologia pela Associação Médica Brasileira. Mestrado em Ciências, na área de Fisiologia Humana, pela Universidade de São Paulo,1982. Doutorado em Medicina pela Universidade de São Paulo,1988. Bolsista de pós doutorado do governo alemão pela Fundação Alexander von Humboldt, em Hamburg, 1992/1993. Professora Livre Docente de Cardiologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, 1998. Artigo Científico com repercussão internacional, publicado na Heart British Medical Journal, servindo de referência para o Consenso Europeu de Cardiopatias Valvares, 2001. MBA em Economia e Gestão em Saúde pela Escola Paulista de Medicina, da Universidade Federal de São Paulo,em 2005.Presidenta da Academia de Medicina de São Paulo, biênio 1997/1998. Membro do Conselho de Cultura da Associação Paulista de Medicina, biênio 1999/2002. Membro do Conselho de Economia, Sociologia e Política da Federação do Comércio do Estado de São Paulo do Sesc e do Senac, desde março de 2008.Presidenta do Clube Humboldt do Brasil, eleita em novembro de 2008. CRM: 30400 RTE 056950