Pular para o conteúdo

Candidíase masculina: O que é, sintomas e como tratar

candidiase

A candidíase masculina é um tipo de infecção fúngica que é causada pelo Fungo Candida Albicans.

Quando ela se desenvolve surge no pênis do homem alguns sinais, por exemplo: inchaço, dor e vermelhidão.

O fungo Candida que é responsável por causar esse problema vive naturalmente no organismo das pessoas, na região genital e na pele dos homens e das mulheres.

Ele é controlado pelo sistema imunológico e, por isso, só se desenvolve e causa a infecção genital nos homens e nas mulheres apenas quando o sistema imune está fraco.

Apesar de ser mais comum o desenvolvimento nas mulheres, a candidíase também pode acontecer nos homens principalmente quando a higiene na região genital é inadequada.

Quando essa infecção se desenvolve ela apresenta sinais tanto no pênis como também em outras partes do corpo do homem como na virilha, nos dedos do pé e no interior da boca.

A candidíase masculina pode ser tratada seguindo o tratamento recomendado pelo médico corretamente. O tratamento com pomadas, cremes e comprimidos pode ser necessário em alguns casos.

Os sintomas da Candidíase masculina

Quando essa infecção se desenvolve no homem os sinais apresentados são:

  • Coceira local,
  • Sensação de queimação ao urinar,
  • Ressecamento da pele,
  • Dor e vermelhidão no local,
  • Presença de secreção esbranquiçada.

Esses sinais podem aparecer principalmente no pênis, mas também é comum que apareçam no saco escrotal ou na virilha.

Quais são as causas principais e como prevenir?

Essa infecção está ligada diretamente com as alterações do sistema imune que acabam contribuindo para a proliferação excessiva do fungo na região genital, na boca ou no corpo do homem.

Nesse sentido, algumas situações como gripe, doenças crônicas como a diabetes e entre outras condições de saúde podem contribuir para o desenvolvimento da candidíase masculina.

Além dos problemas de saúde que afetam diretamente o sistema imunológico, a falta de higiene e também a umidade na região íntima também são fatores de risco.

Sendo assim, para prevenir contra a infecção é crucial higienizar corretamente a região íntima, evitar usar roupas quentes, apertadas ou molhadas.

Além disso, também é relevante fortalecer mais o sistema imunológico para evitar a proliferação do fungo.

Qual médico o homem deve se consultar?

Quando o homem percebe alguns sinais é primordial procurar um médico clínico geral ou urologista. Afinal, a candidíase é confirmada somente após a anamnese, exame físico e a realização de exames laboratoriais, que são capazes de confirmar a presença e o tipo do fungo.

Por outro lado, se os sinais aparecerem apenas na pele de outros lugares do corpo, o homem deve consultar um dermatologista.

Como é o tratamento de Candidíase masculina?

Felizmente essa infecção tem cura. Na maioria dos casos, o tratamento pode ser realizado em casa apenas com o uso de pomadas antifúngicas como o Clotrimazol, Miconazol, Tioconazol, Nistatina e entre outros. Em casos mais graves pode ser necessário o uso de medicamentos orais.

Possíveis complicações causadas pela falta de tratamento

O não tratamento da infecção pode causar algumas complicações para o paciente como a balanite, que é uma inflamação na glande do pênis.

Quando ela surge, o homem pode sentir dores ou dificuldades para urinar, além de correr o risco de sofrer com outros problemas como inchaço. A candidíase invasiva se desenvolve quando o fungo atinge a corrente sanguínea.

Conclusão

Como você pode perceber a infecção na região genital se desenvolve pela falta de higiene na região intima e pelo enfraquecimento do sistema imune. Atinge tanto homens quanto mulheres de qualquer idade.

Então, para evitar que ela se desenvolva é necessário seguir as recomendações. Mas, por outro lado, se você percebeu alguns dos sinais procure um médico imediatamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

nv-author-image

Alexandre Amato

× Precisa de ajuda? Fale conosco! Available from 08:00 to 20:30

Fatal error: Uncaught Exception: String could not be parsed as XML in /home/390475.cloudwaysapps.com/tdmddyyqxx/public_html/wp-content/plugins/breeze/inc/cache/execute-cache.php:305 Stack trace: #0 /home/390475.cloudwaysapps.com/tdmddyyqxx/public_html/wp-content/plugins/breeze/inc/cache/execute-cache.php(305): SimpleXMLElement->__construct() #1 [internal function]: Breeze_Cache_Init\breeze_cache() #2 /home/390475.cloudwaysapps.com/tdmddyyqxx/public_html/wp-includes/functions.php(5275): ob_end_flush() #3 /home/390475.cloudwaysapps.com/tdmddyyqxx/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php(307): wp_ob_end_flush_all() #4 /home/390475.cloudwaysapps.com/tdmddyyqxx/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php(331): WP_Hook->apply_filters() #5 /home/390475.cloudwaysapps.com/tdmddyyqxx/public_html/wp-includes/plugin.php(476): WP_Hook->do_action() #6 /home/390475.cloudwaysapps.com/tdmddyyqxx/public_html/wp-includes/load.php(1102): do_action() #7 [internal function]: shutdown_action_hook() #8 {main} thrown in /home/390475.cloudwaysapps.com/tdmddyyqxx/public_html/wp-content/plugins/breeze/inc/cache/execute-cache.php on line 305