A diástase dos músculos retoabdominais, consiste no afastamento da musculatura abdominal, e é uma das queixas mais freq…

A diástase dos músculos retoabdominais, consiste no afastamento da musculatura abdominal, e é uma das queixas mais frequente no pós parto. Costuma aparecer principalmente no 3o trimestre da gestação e pode persistir após o parto. Com o aumento da pressão intra abdominal, pela gestação, o tecido que faz a ligação desses músculos vai ficando cada vez mais fino, perdendo força e dessa forma se afastando. Depois da gestação muitas vezes não volta ao normal, ou como antes, trazendo desconforto abdominal, insatisfação corporal e até piora da auto estima.
nv-author-image

Prof. Dra. Marisa Amato

Especialista em Cardiologia pela Associação Médica Brasileira. Mestrado em Ciências, na área de Fisiologia Humana, pela Universidade de São Paulo,1982. Doutorado em Medicina pela Universidade de São Paulo,1988. Bolsista de pós doutorado do governo alemão pela Fundação Alexander von Humboldt, em Hamburg, 1992/1993. Professora Livre Docente de Cardiologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, 1998. Artigo Científico com repercussão internacional, publicado na Heart British Medical Journal, servindo de referência para o Consenso Europeu de Cardiopatias Valvares, 2001. MBA em Economia e Gestão em Saúde pela Escola Paulista de Medicina, da Universidade Federal de São Paulo,em 2005.Presidenta da Academia de Medicina de São Paulo, biênio 1997/1998. Membro do Conselho de Cultura da Associação Paulista de Medicina, biênio 1999/2002. Membro do Conselho de Economia, Sociologia e Política da Federação do Comércio do Estado de São Paulo do Sesc e do Senac, desde março de 2008.Presidenta do Clube Humboldt do Brasil, eleita em novembro de 2008. CRM: 30400 RTE 056950