fbpx Orientação na formação de especialistas | Cardiologia.pro

Orientação na formação de especialistas

 

 

 

 

Capítulo 28

Orientação na formação de especialistas

 

318. Instituto do Coração da FMUSP – 319. Hospital Jaraguá

 

 

318.  Instituto do Coração da FMUSP

Orientou os Residentes de Cardiologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo na sua formação em valvopatias de 1981 até 1992, na condição de Médica Assistente do InCor na atividade ambulatorial. Era sua atribuição ouvir a apresentação de casos feita pelo Residente, corrigir ou aprimorar a história clínica e aferir todos os dados por ele obtidos no exame clínico, bem como reavaliar os pedidos de exame para saber de sua indicação e no que poderia contribuir para confirmar ou infirmar o diagnóstico clínico. Mas, principalmente a preocupação maior era “transmitir a formação do raciocínio  cardiológico”. Assim, pode-se estimar que nesses doze anos, muitas dezenas de cardiologistas, tiveram sua formação em valvopatias sob sua orientação.

 

319.  Hospital Jaraguá

Na Residência de Cardiologia do Hospital Jaraguá orienta diretamente os médicos no programa de dois anos após os dois anos anos de Clínica Médica. Assim, desde 1996, orientou os médicos Renato César D’Ambrósio e Joaquim Pereira de Pinho Jr., que já concluíram o Programa e desse fato detêm o Título de Especialista em Cardiologista.

Esse ano o médico Fausto Tadeu Quesada Piazzalunga está cursando o segundo ano de especialização.

Atualmente, a Residente Mônica Costa Silva Teixeira está no seu primeiro ano na especialização.